21 julho 2015

E descanso do pessoal!...

20 julho 2015

Para onde caminha a União Europeia?

CONDENADO À FORCA
(alternativa de carrasco)

- você salta mesmo
ou precisa que a gente o empurre?

Platero
(h)ortografias

19 julho 2015

A salvação...

2011-2015: Brutal Aumento de Impostos

DES-APONTAMENTO

- condenados da INQUISIÇÃO, além de roupa tinham que comprar e levar ALGEMAS de CASA

Platero
(h)ortografias

18 julho 2015

Será mera coincidência?

Este slogan "Portugal acima de tudo", adaptação do "Deustchland Uber Alles", usado pela propaganda nazi, será apenas coincidência?

AVISO LARANJA

neste Agosto
de grosso
pasto seco

propício
ao vício
do pirómano

o país arde
em desemprego
e imposto

neste Agosto
o sol queima o rosto
das palavras

e o seu corpo todo
e as faz caruma
maravalha

ávidas
de uma língua
bífida de fogo

de um golpe de acendalha

as palavras ardem
lavram áscuas
chamas

vão do mato à floresta
vagas de ondas
tsunami
labaredas

o país arde
em desemprego
em taxas
em imposto

sobram restos
de troncos
de eucaliptos

como tigelas ardentes
nas gengivas da terra

sou pirómano
e fujo

sou eu
quem numa tarde
tórrida de Agosto

pegou fogo às palavras

as autoridades
policiais
andam no meu rastro

suspeitam tratar-se
de poema-posto


Platero
(h)ortografias

Hoje, às 22:00, no Largo da Sé

Os próximos...

17 julho 2015

Ecopista - Estação da Graça

Na Estação da Graça existe uma fonte que dispõe de uma bomba antiga que se encontra avariada há inúmeros anos.
Já não é a primeira vez que utilizadores da ecopista deixam protestos pela indisponibilidade de água na dita fonte.
Hoje encontrei o seguinte protesto, inspirado na famosa frase relativa ao arrastamento da obra do Alqueva: REPAREM-ME PORRA.
Junto duas fotos, solicitando a sua publicação no Mais Évora.

Cumprimentos
Francisco Guerreiro
(recebido por e-mail)

"A Possível História das Marionetas"
Casa de Burgos | 20 Julho a 10 Setembro

No próximo dia 20 de Julho, pelas 18:00, será inaugurada na Casa de Burgos, da Direção Regional de Cultura em Évora, a exposição "A Possível História das Marionetas", coleção e investigação de Manuel Costa Dias, que se manterá até ao dia 10 de Setembro. Durante este período acontecerão espetáculos e encontros/conversas sobre a temática das marionetas e a sua importância.

A exposição está integrada na programação do Cenas ao Sul e conta com o nosso apoio e do Museu das marionetas de Lisboa.

Obrigado pela "ajuda"...

Como se ainda houvesse dúvidas…
Mais uma prova da ladroagem que nos desgoverna


(Manchete Correio da Manhã, 17 Julho 2015)

Regra
de TRÊS SIMPLES

se para 2 RESGATES foi necessária a compra
de meia-dúzia (6)
SUBMARINOS

quantos (x) vão ser necessários
para concretização
de um
3.º RESGATE?

responda - e habilite-se
a um prémio de 1 000 (mil) EUROS

"Estes Autos Que Ora Vereis", em digressão no país e na região

O Centro Dramático de Évora – Cendrev iniciou no passado 3 de Julho em Braga, uma digressão com o espectáculo “Estes Autos Que Ora Vereis”, textos de Gil Vicente, apresentado no âmbito da programação do MIMARTE. No dia 17 de Julho o espectáculo é apresentado em Los Santos de Maimona, no Teatro Guirigai, no âmbito da programação do Circuito Ibérico de Artes Cénicas, no dia 23 de Julho estará em cena no 16.º Festival Noites na Nora, em Serpa, no quadro de intercâmbio que o Cendrev mantém com o baal17 - Teatro e no dia 24 de Julho em Arraiolos, no âmbito do protocolo existente entre o Cendrev e essa autarquia.

Este espectáculo estará ainda em 9 freguesias do concelho de Évora, durante o corrente mês sempre às 22h00, com apresentações no dia 15 em N.ª Sr.ª de Machede (Páteo da Casa do Povo), no dia 18 em S. Manços (Páteo da Casa do Povo), dia 19 em Torre dos Coelheiros (Largo da Junta de Freguesia), dia 22 em Azaruja (Páteo do Grupo União e Recreio Azarujense), no dia 25 em Canaviais (Largo da Junta), dia 26 em Graça do Divor (Largo da Junta), dia 28 em Boa Fé (Páteo Edifício da Junta), dia 29 em Guadalupe (Largo Edifício da Junta) e termina no dia 30 em S. Miguel de Machede (Páteo da Casa do Povo). Estas apresentações integram a programação do CENAS AO SUL organizado pela Câmara Municipal de Évora, União das Freguesias de Évora, União das Freguesias de Bacelo e Senhora da Saúde, União das Freguesias de Malagueira e Horta das Figueiras e pelo Turismo do Alentejo – ERT.

“Estes Autos Que Ora Vereis” é organizado a partir de fragmentos do Auto Pastoril Português, Auto da Sibila Cassandra, O Velho da Horta, Auto da Festa, Quem Tem Farelos e Auto da Índia numa fresca "ensalada" de amores desencontrados, com direcção e dispositivo cénico de Rosário Gonzaga, banda sonora de Paulo Pires, iluminação de António Rebocho, adaptação e arranjos de guarda-roupa de Marta Ricardo, construção e montagem de Tomé Baixinho, Paulo Carocho e Tomé Antas e interpretação de Jorge Baião, Maria Marrafa e Rosário Gonzaga que garantem a presença de quase uma vintena de personagens.

16 julho 2015

Amanhã, às 21:30, na Praça do Giraldo

Hoje no Palácio de D. Manuel
Visita Guiada à exposição “Iluminuras Sem Tempo”

A Câmara Municipal de Évora promove hoje, a partir das 18h30, uma visita guiada à exposição “Iluminuras Sem Tempo”, patente no Palácio de D. Manuel e que será dirigida pela Dr.ª Isabel Cid. A entrada é livre.

A exposição “Iluminuras Sem Tempo” é composta por um conjunto de cerca de 250 trabalhos de pintura de pequeno formato, que reproduzem iluminuras de diferentes períodos da Idade Média, realizados no âmbito de um ateliê de artes visuais, dinamizado por Leonor Serpa Branco, pintora e professora.

Saliente-se que a Dr.ª Isabel Cid, doutorada em história, foi diretora da Biblioteca Pública de Évora e do Arquivo Distrital de Évora e é investigadora na área dos manuscritos e iluminuras medievais, pelo que esta visita à exposição será uma excelente oportunidade para os interessados neste período da história.

MALDIÇÃO DOS NOMES?

IKER (de Casillas) não será mesmo homónimo / tradução de Í C A R O ?

- pense bem nisto

TEATRO DAS BEIRAS: "LOA, XÁCARA E BUGIGANGA"
Largo Chão das Covas | 17 e 18 de julho | 22h00

Este espectáculo é organizado a partir de excertos de autos sacramentais onde se vislumbram reminiscências da obra vicentina, mas sobretudo em torno da “Mojiganga las visiones de la muerte”, onde Calderon demonstra uma grande capacidade de desafiar as convenções pondo em causa o carácter e género “elevado” das suas próprias obras.

Será sonho ou realidade? O quixotesco sonho tomado por verdade é aqui uma apropriada metáfora sobre a condição humana propondo ao espectador uma aproximação à reflexão sobre a vida e a morte. “La vida humana como un teatro donde cada persona representa un papel”.

Encenação: Gil Salgueiro Nave | Tradução: Luís Nogueira | Cenografia e figurinos: Luís Mouro | Interpretação: Adriana Pais, Marco Ferreira, Pedro Damião, Silvano Magalhães e Sónia Botelho
Organização: Cendrev, no âmbito da programação do Circuito Ibérico de Artes Cénicas e da rede das Companhias da Descentralização
Apoio: Câmara Municipal de Évora

De 22 a 26 de Julho

15 julho 2015

CASILHAS - OS PEQUENOS CASOS

- onda de histeria no "continente" PORTISTA

- o guarda-redes viajou para o PORTO num VOO TAP, no lugar E 1
ninguém à frente dele
com chegada em rigorosa hora de TELEJORNAL

- o guarda-redes chora pelo REAL MADRID e pelos milhões

- milhões que levaram o guarda-redes a incompatibilzar-se com os PAIS - desde há mais de 2 anos

- ainda não defendeu um único remate mas já pôs a cabeça maluca a milhares de portugueses

- guarda-redes- deus
nem ele pensa nisso:

deus só até ao PRIMEIRO FRANGO

- VENHA COM SORTE

14 julho 2015

Ex-funcionário da Junta de Freguesia da Senhora da Saúde em greve de fome frente a Tribunal de Beja

Um ex-funcionário da Junta de Freguesia da Senhora da Saúde, em Évora, está desde segunda-feira acampado e em greve de fome nas imediações do Tribunal Administrativo e Fiscal de Beja.

O homem quer ver desbloqueado o processo pendente naquele Tribunal que o opõe à Junta de Freguesia para a qual trabalhava pelo seu despedimento, por o considerar ilegal.

Sérgio Silva, de 38 anos, avançou para o Tribunal de Trabalho de Évora, onde ganhou a causa. Por recurso da Junta, o processo foi remetido para o TAFBeja onde aguarda decisão desde Dezembro. O homem está impedido de trabalhar até que o processo conheça uma decisão uma vez que sendo portador de deficiência motora só pode laboral ao abrigo de contractos específicos.

Sobre o despedimento que motivou o processo, Sérgio Silva diz ter sido “tramado” por se recusar a interromper uma baixa médica para pintar as instalações da Junta por altura de eleições.

Pai de uma criança com 4 anos, o homem vê-se a cargo com inúmeras despesas às quais não consegue fazer face. A contar apenas com o salário da esposa, Sérgio teme pela qualidade de vida do filho.

O homem ameaça levar a greve de fome até ao final do mês de Julho, antes do início das férias judiciais.

in Correio da Manhã, 14.07.2015

DECO diz que câmara cobra faturas da água que já prescreveram

A Câmara de Évora está a tentar cobrar faturas de água com mais de seis meses, mas a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) diz que as dívidas já prescreveram.

Em comunicado, a DECO explica que os consumos de água com mais de seis meses “encontram-se prescritos”, conforme está previsto na Lei dos Serviços Públicos Essenciais.

“Os consumidores que queiram exercer este direito não devem proceder ao pagamento das faturas, nem realizar planos de pagamento, sem antes invocarem a prescrição de todos os consumos com mais de seis meses por carta registada com aviso de receção”, alerta a associação.

Segundo Mara Constantino, jurista da DECO de Évora, nos últimos dias, “inúmeros consumidores” têm apresentado na associação reclamações “sobre a cobrança de consumos de água referentes a vários anos”.

“As situações mais frequentes são a receção de faturas com períodos de consumo que remontam a 10 anos atrás, valores de consumo de água que atingem os dois mil euros e também a indicação de uma data prevista para o corte, caso não haja pagamento”, adiantou.

O vereador da Câmara de Évora João Rodrigues, que tem o pelouro da água e saneamento, confirmou que o município notificou os consumidores em falta para regularizarem a situação, mas garantiu que “nunca, em caso algum, irá contra a lei”.

“Se os munícipes invocarem a prescrição, é um direito que lhes assiste. A câmara está cá para analisar esses pedidos de prescrição e, se houver razão da parte do munícipe, obviamente que a câmara não irá contrariar a lei”, assinalou.

João Rodrigues salientou que “a câmara não corta a água a ninguém que prove a sua insuficiência económica” e que a verba em falta no setor da água ascende a “cinco milhões de euros”.

“Estamos a tentar arrumar a casa para não prejudicar aqueles que cumprem”, afirmou, considerando que “não há direito de haver consumidores que não pagam o bem que consomem”.

Notícia DianaFM, 14 Julho 2015

Que futuro para a Europa?

Sempre fui um apoiante da União Europeia, com ou sem euro, sempre pensei que esta seria a melhor forma da Europa resistir às tentações de hegemonia por parte de um ou vários países de maior dimensão e poder económico. Mais sempre vi a Europa unida como uma garantia de estabilidade e de desenvolvimento das suas economias e como consequência uma melhoria de vida dos seus cidadãos. Outro dos atributos desta União foi o de afastar os fantasmas do passado m termos de estabilidade politica, pois sou da opinião que caso o nosso país não se encontra-se integrado na EU, com os problemas económicos e políticos que tem tido nos últimos anos, já teria certamente havido uma pronunciamento, fosse através das forças militares, fosse pelo surgimento de um salvador da pátria e cujo resultado seria uma ditadura, com os resultados que todos nós sabemos, o empobrecimento do povo e perda das liberdades, quer essa ditadura fosse de direita quer fosse de esquerda, por seja qual for a tendência o grande prejudicado e sempre o zé povinho.

Porém, aquela europa que eu julgava solidária está a transformar-se a pouco e pouco não para servir os interesses dos seus povos, mas duma forma cada vez mais evidente numa Europa em que os fortes vão gradualmente sobrepondo-se aos mais fracos e isso através da chamada divida pública, divida essa que já se viu que está a atingir valores de tal ardem que não sei se algum dia terá fim. Francamente acho que os países em que a divida pública se encontra acima dos 100% do seu PIB jamais terá solução, pois mesmo que o seu crescimento seja de 5% ao ano, pois esse crescimento nem para pagar os juros chega.

Aquilo que nos últimos tempos se tem visto na Grécia e que daqui por mais um ou dois anos vai acontecer com Portugal, é a total insustentabilidade de um país, pois divida gera divida e com as medidas impostas, sendo uma dessas medidas a imposição da venda, ao desbarato, das empresas públicas. Não havendo uma única medida que leve ao desenvolvimento económico, levando esse país à total degradação da sua economia e consequentemente à ruina desse país.

Pior ainda é a antidemocracia que duma forma encapotada está a ser realizada nesta europa desunida, pois tudo leva a crer que um povo para além de não ter autonomia para elaborar as suas políticas, também não pode escolher governos que não se enquadrem dentro da Status Quo das políticas dos ditos grandes.

É por essa razão que a pouco e pouco me estou a tornar-me num Eurocéptico, pois não sei se a melhor solução não passará pela redefinição das antigas fronteiras em que competirá ao povo desse país definir as suas políticas sociais e económicas.

Uma coisa é certa, assim não, mais, continuando com esta alucinação a europa acabará por cair num abismo para o qual acabarão por ser arrastados primeiros os pequenos países, mas do qual não estão livres de vir a cair também os países ditos grandes.

MdM
13 julho, 2015 23:26

INOVAÇÃO & MARKETING

a galinha amarela, crista vermelha, patinhas brancas
que punha ovinhos brancos quando se lhe carregava no dorso

pode ter inspirado
o doseador de hermesetas
Canderel

a ordem não interessa

ou isso
ou vice-
-versa

União contra os Povos do sul da Europa, sujeitos a programas de morte lenta...

13 julho 2015

Estar atento aos sinais...

No passado dia 09 de Julho, no Encontro Mundial dos Movimentos Populares, em Santa Cruz de la Sierra, o Papa Francisco, fez um discurso que vale a pena ler.

Sobre o Capitalismo

O atual sistema global “que impôs a lógica do lucro a todo o custo, sem pensar na exclusão social nem na destruição da natureza (…) é insuportável: não o suportam os camponeses, não o suportam os trabalhadores, não o suportam as comunidades, não o suportam os povos…. E nem sequer o suporta a Terra, a irmã Mãe Terra, como dizia São Francisco

«Quando o capital se converte em ídolo e dirige as opções dos seres humanos, quando a avidez pelo dinheiro tutela todo o sistema socioeconómico, arruína a sociedade, condena o homem, transforma-o em escravo, destrói a fraternidade inter-humana, coloca povo contra povo e, como vemos, até põe em risco esta nossa casa comum»

«vós, os mais humildes, os explorados, os pobres e excluídos, podeis e fazeis muito. Atrevo-me a dizer que o futuro da humanidade está, em grande medida, nas vossas mãos, na vossa capacidade de vos organizar e promover alternativas criativas na busca diária dos ‘3 T’ (trabalho, tecto, terra), e também na vossa participação como protagonistas nos grandes processos de mudança nacionais, regionais e mundiais. Não se acanhem!»

As três tarefas que o Papa propôs aos movimentos sociais

1. Colocar a economia a serviço dos povos: “Esta economia é não apenas desejável e necessária, mas também possível. Não é uma utopia, nem uma fantasia. É uma perspectiva extremamente realista. Podemos consegui-la”;

2. Unir os nossos povos no caminho da paz e da justiça: nenhum poder efetivamente constituído tem direito de privar os países pobres do pleno exercício da sua soberania e, quando o fazem, vemos novas formas de colonialismo que afetam seriamente as possibilidades de paz e justiça;

3. Defender a Mãe Terra: “a casa comum de todos nós está sendo saqueada, devastada, vexada impunemente. A covardia em defendê-la é um pecado grave. Vemos, com crescente decepção, sucederem-se uma após outra, cimeiras internacionais sem qualquer resultado importante.

Discurso do Papa Francisco, na integra, AQUI

Foi assim o primeiro fim de semana do Cenas ao Sul...


Crise do Euro: A "solução"...

CME esclarece: Recomendação sobre os circos nada tem a ver com tauromaquia

A propósito de declarações do vereador João Rodrigues, da Câmara Municipal de Évora, numa entrevista à Rádio Campanário, onde quando questionado sobre se a medida que proíbe animais nos circos em Évora se poderia alastrar a outros espectáculos com animais, nomeadamente aos espectáculos taurinos, a que o vereador referiu: “Poderá, é uma questão que ainda não se colocou”, vem agora a Câmara Municipal através de um comunicado esclarecer a situação e considerar abusiva a extrapolação do teor das declarações do vereador, reforçando que a dita Recomendação para que os animais não sejam utilizados em circos no concelho de Évora, nada tem a ver com outras manifestações culturais, desportivas, sociais ou artísticas, e onde claro, se incluem as Corridas de Toiros.

Esclarecimento da Câmara Municipal de Évora

No passado dia 25 de junho de 2015, foi aprovada uma recomendação da Assembleia Municipal de Évora à Câmara Municipal de Évora relativamente aos circos com animais, motivada por uma petição subscrita por um conjunto de munícipes que havia sido presente à Assembleia Municipal.

Antes de mais, aproveita-se a ocasião para esclarecer uma vez mais que a Câmara Municipal de Évora e a Assembleia Municipal de Évora são dois órgãos distintos, com autonomia e competências próprias.

Esta Recomendação que teve como primeiro subscritor um eleito do PS, foi aprovada por maioria com 15 votos a favor (13 do PS, 1 do PSD e 1 do BE), 14 votos contra (13 da CDU e 1 do PSD/CDS) e 4 abstenções (3 da CDU e 1 do PSD/CDS). E exorta a Câmara Municipal de Évora a aprovar as “normas regulamentares que permitam responder aos anseios contidos na petição, sem prejuízo do estabelecimento de um período de transição que considere adequado, para permitir aos agentes económicos envolvidos adaptarem-se a esta nova realidade”.

Sobre esta matéria, importa esclarecer que a posição do Executivo Municipal na Câmara Municipal de Évora se remete em exclusivo para o cumprimento da legislação em vigor, tendo-a declarado publicamente. Naturalmente, não é intenção deste Executivo Municipal aprovar normas ou regulamentos que contrariem as leis nacionais. Por essa razão, é manifestamente abusiva a extrapolação do teor das declarações do Vereador João Rodrigues à Rádio Campanário sobre a referida Recomendação, a qual não alude a quaisquer outras manifestações culturais, desportivas, sociais ou artísticas.

(destaques nossos)

CDU Apresentou Lista de Candidatos da CDU pelo Distrito de Évora às Eleições para a Assembleia da República de 2015

Dia 10 de Julho, na Praça de Sertório, em Évora, junto à Câmara Municipal. Sessão pública com a participação de mais de 200 pessoas que aplaudiram os candidatos da CDU pelo Círculo Eleitoral de Évora. Ambiente de confiança e entusiasmo na concretização dos objectivos da CDU de ter mais votos e mais deputados nas eleições para a Assembleia da República. Foi salientada a importância do contacto com a população do distrito de Évora para afirmar as propostas da CDU, quer para o distrito, quer para o país.

Candidatos: João Oliveira; Sara Fernandes; Valter Loios; Lina Maltez; Tiago Aldeias; Júlio Rebelo.
Mandatário Carlos Pinto de Sá, presidente da Câmara Municipal de Évora.

CONFISSÃO

querubins
serafins
afins
confesso - quanto a mim

tudo menos santo
pela mão

de D. Saraiva
Martins

12 julho 2015

Haverá solução para a crise do Euro?...

Arte e Saúde Mental
Esta terça-feira, dia 14 de Julho, em Évora

Colóquio e exposição de artes plásticas pretende debater e dar a conhecer lado criativo de artistas com experiência de doença mental

(PROGRAMA: clique sobre a imagem para ampliar)
A 3ª Exposição Nacional de Artes Plásticas e Saúde Mental “No Fio da Navalha", que reúne cerca de uma centena de peças produzidas por pessoas com problemas de saúde mental no âmbito dos seus projetos de reabilitação, vai ser inaugurada na terça-feira, dia 14 de Julho, pelas 18 horas, nas instalações do INATEL, em Évora (Palácio Barrocal, Sala da Fonte)

Trata-se de uma exposição nacional, integrada num dos eixos estratégicos do Plano Nacional de Saúde Mental 2007-2016, que tem como objetivos a promoção da Saúde Mental e o Combate ao Estigma, que este ano se realiza no Alentejo.

“A exposição é composta por perto de uma centena de obras de escultura, pintura e desenho”, refere Luís Leite Rio, Curador desta iniciativa, organizada pelo Programa para a Saúde Mental da Direcção-Geral da Saúde, com o apoio da Câmara Municipal de Évora, da ARS Alentejo, Direção Regional de Cultura do Alentejo e do INATEL.

“O nome que lhe dá título, andar ou estar “no fio da navalha”, é uma designação popular para um estado de perigo iminente, uma situação de equilíbrio instável. Uma linha imperceptível que separa o tudo do nada, o cume do precipício, a saúde da doença, a arte do lixo…”, afirma Luís Leite Rio, designer e artista plástico.

“A exposição pretende desmistificar a noção que a maior parte das pessoas tem de que um doente não possui as mesmas capacidades artísticas de qualquer outra pessoa. Não é verdade e, por vezes, até tem essas capacidades num grau mais desenvolvido. No fundo, todos nós estamos ‘no fio da navalha’, sejamos ou não portadores de doença mental”, conclui o Curador da exposição, que vai estar aberta ao público até ao dia 28 de Agosto.

Paralelamente à exposição, haverá também na terça-feira, dia 14 de Julho, e igualmente nas instalações do INATEL, um colóquio subordinado ao tema “Interface Saúde Mental e Cultura”, com abordagens diversas em que usarão da palavra Carlos Pinto Sá, presidente da Câmara Municipal de Évora, Paula Marques, Vogal da ARS Alentejo, Paula Amendoeira, diretora Regional de Cultura do Alentejo e Álvaro de Carvalho, diretor do Programa Nacional para a Saúde Mental da Direção-Geral da Saúde, bem como diversos técnicos ligados a esta temática, tendo como objetivos a partilha de experiências institucionais no campo da reabilitação psicossocial e o estreitamento de relações entre o sector da saúde mental e o da cultura.

Com iniciativas programadas para Évora, Portalegre e Beja este projeto traz ao Alentejo, durante todo o ano de 2015, atividades como o Teatro, a Dança, a Música, as Artes Plásticas, a Gastronomia, áreas que têm a maior expressividade na área de reabilitação psicossocial direcionadas para esta população.

A M O R

amor é uma seta
- mesmo quando bate
no âmago do alvo

só acerta
quando bate

e espeta

11 julho 2015

Ontem como hoje...

Notícias do "milagre" económico em curso...

Segundo o Eurostat «Portugal perdeu 0,5 por cento da população num ano».
O recuo populacional português contraria a média da UE, cuja população cresceu 2,6 em cada mil (%) entre 01 de janeiro de 2014 e 01 de janeiro de 2015.

EM TORNO DE POEMA
DE MANUEL BANDEIRA

:
o menino que gostava
de brincar com as palavras
viu uma lagarta às listras

e lembrou-se de chamar-lhe
LAGA_ARTISTA


Platero
(h)ortografias

10 julho 2015

Cenas ao Sul 2015: 10 Julho a 30 Setembro

Programação AQUI

resposta a AMIGO QUE ENVIA SUA EXPLICAÇÃO DE INCÊNDIOS FLORESTAIS

:
é reconhecidamente uma CADEIA DE NEGÓCIOS

sendo mais verdadeiro o seu oposto

– são reconhecidamente NEGÓCIOS DE CADEIA

Platero
(h)ortografias

09 julho 2015

Em reunião pública de 08 de Julho
Câmara de Évora saúda início das obras de construção do novo complexo desportivo no antigo hipódromo

A Câmara Municipal de Évora aprovou, por unanimidade, uma moção apresentada pelo Vereador Paulo Jaleco, em nome da bancada do PSD, relativa ao início das obras do novo espaço desportivo localizado no antigo hipódromo. Nesta moção, a Câmara Municipal de Évora congratula-se com o facto de a cidade passar a dispor – finalmente – de uma pista de atletismo e de um campo de râguebi.

O mesmo documento salienta a junção de esforços das forças governamentais que, em conjunto com a autarquia eborense, tornaram possível a concretização deste investimento de 1,5 milhões de euros.

Foram aprovados de forma unânime dois votos de pesar pelas mortes de Maria Barroso e do Historiador eborense Afonso de Carvalho. O voto de pesar pelo falecimento de Maria Barroso - atriz, fundadora do Partido Socialista e ativista de várias causas humanitárias - foi apresentado pela Vereadora Cláudia Sousa Pereira, do PS, enquanto o voto de pesar pelo desaparecimento de Afonso de Carvalho – responsável por diversas publicações relativas à história e toponímia de Évora - foi submetido pela Vice-presidente da Câmara, Élia Mira.

Câmara poupa 60 mil euros ano com contrato de gestão de consumos de água
A autarquia eborense deliberou, por unanimidade, aprovar a cessão da posição contratual de prestação de serviços no âmbito da gestão de consumos de água existente com a EDP-Eletricidade de Portugal, S.A. Estes serviços passam a ser da responsabilidade da SGITI (sistema informático e impressão e envelopagem de faturas) e dos CTT (cobranças). O Vereador João Rodrigues informou que esta cessão de posição contratual permite, anualmente, uma redução de encargos na ordem dos 60 mil euros sendo que, em 2014, os encargos nesta matéria foram de pouco mais de 283 mil euros.

Esta diminuição de encargos constitui um exemplo dos esforços por parte da Câmara em reduzir a despesa corrente através da renegociação de contratos e da alteração de condições contratuais onerosas para a câmara, mantendo a qualidade do serviço prestado. No setor da cobrança do consumo de água, em 2014, registou-se um acréscimo de 600 mil euros na receita tendo sido efetuados, também, cerca de 1500 planos de pagamento com munícipes em divida.

(informação CME)

NOVA MOEDA EUROPEIA - N€URO

quando não tem dinheiro para comprar

Sapatos Bottega Venetta - 1 200 €EUROS

- para a maioria espreita-montras = 1 2000 N€uros

Platero
(h)ortografias

08 julho 2015

Pista de Atletismo e Campo de Rugby

A intervenção hoje iniciada, cujos projectos são da responsabilidade da Câmara Municipal de Évora, diz respeito à construção de um campo de jogos composto por uma Pista de Atletismo, um Campo de Rugby, a requalificação do circuito de manutenção existente, e o tratamento da área envolvente, na propriedade que o IPDJ possui em Évora (campo de obstáculos / antigo Hipódromo General Amílcar Pinto).

Na implantação do complexo foi dada particular importância à sua orientação, por forma a cumprir os requisitos técnicos adequados, possibilitando as melhores condições para a prática desportiva.
Está igualmente prevista a construção de um edifício de apoio (integrando balneários, vestiários, posto médico, instalações para árbitros, sala de preparação física, arrumos, instalações sanitárias e compartimentos técnicos), bem como uma pequena bancada para cerca de 200 espectadores.

Para além dos espaços formais de prática desportiva, a intervenção inclui igualmente o tratamento do circuito de manutenção existente. Pretende-se que esta estrutura possua um carácter plurifuncional; por um lado servindo de complemento à preparação dos atletas, por outro possibilitando a prática de actividade física informal (jogging e caminhada) aos cidadãos em geral.

(informação CME)

Notícias do “milagre” económico em curso

«Portugal tem a taxa de população emigrada mais alta da UE»
«Mais 50% de trabalhadores precários do que em 1986»
«Condição de vida dos portugueses regrediu em 2013 para níveis de 1990»

Após uma tímida aproximação aos parceiros europeus, o nível de vida dos portugueses recuou, em 2013, para valores de 1990, ficando 25% abaixo da média europeia, revela o estudo "Três Décadas de Portugal Europeu: Balanço e perspetivas".

Segundo o relatório, o "Portugal Europeu passou de uma rota de convergência, concentrada nos anos seguintes à adesão à CEE e na segunda metade da década de 90 e mais intensa em termos de consumo das famílias, para um processo de visível divergência".

Antigo hipódromo transformado em pista de atletismo e campo de râguebi

O antigo hipódromo de Évora vai ser transformado em complexo desportivo, com uma pista de atletismo e um campo de râguebi, fruto de um investimento de 1,5 milhões de euros.

O projeto é promovido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e a sua construção é lançada hoje, numa cerimónia que conta com a presença do secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro.

Está prevista uma pista de atletismo com seis corredores de 400 metros, fosso de água, duas pistas para o salto com vara e salto em altura e um setor para a disciplina de lançamentos.

No espaço, que tem uma área total de cerca de 54.500 metros quadrados, vai ser instalado um campo de râguebi com relva sintética e dimensões que satisfazem os requisitos técnicos estabelecidos pela Federação Internacional de Râguebi.

O projeto inclui a construção de um edifício de apoio, com balneários para atletas e árbitros, um dos quais preparado para pessoas com mobilidade reduzida, posto médico, arrecadação de material desportivo, instalações sanitárias, sala de acolhimento e áreas técnicas.

A melhoria da envolvente da futura infraestrutura desportiva, a criação de percursos de manutenção e a construção de uma vedação e de um parque de estacionamento são outras das intervenções previstas.

Notícia DianaFM, 8 Julho 2015

D A A R C A

para dar de beber ao desespero

para alimentar a minha raiva
contra o infinito

encosto a ponta
incandescida do isqueiro

ao abdómen indefeso
de um mosquito

Platero
(h)ortografias

Apresentação dos candidatos da CDU pelo distrito de Évora
Praça do Sertório, Évora, 10 Julho, 21:00

Esta iniciativa realiza-se no dia 10 de Julho, sexta-feira, às 21h00, na Praça do Sertório, em Évora, e tem a participação musical de Nuno do Ó e intervenções de candidatos e dirigentes dos partidos que integram a CDU.

João Oliveira
1.º Candidato da Lista da CDU no Distrito de Évora às Eleições Legislativas de 2015

Afonso Luz
Membro da Direcção Nacional do Partido Ecologista os Verdes

João Dias Coelho
Membro da Comissão Politica do Partido Comunista Português

07 julho 2015

Exposição de fotografia: "Um dia na Terra"
Palácio do Barrocal, INATEL - 9 de Julho a 29 Agosto

Para onde vais Europa?

‘Cenas ao Sul’ 2015 vai animar o verão de Évora a partir de 10 de Julho

Foi assinado esta tarde o acordo de colaboração para viabilizar a II edição do Festival Cenas de Sul – Encontros com Luz, Formas, Sons e Afetos.

O documento assinado entre a Câmara Municipal de Évora, a Entidade Regional de Turismo e as Juntas de freguesia urbanas, nomeadamente a União de Freguesias de Évora (Centro Histórico), União de Freguesias do Bacelo e Senhora da Saúde e União de Freguesias de Malagueira e Horta das Figueiras, prevê um investimento de 80 mil euros para a realização deste programa de animação cultural.

Na cerimónia de assinatura, o Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Évora, Eduardo Luciano, destacou que “esta edição do Cenas ao Sul foi conseguida através do empenho dos parceiros envolvidos, com vontade de dar continuidade ao projeto, numa versão mais modesta que a anterior”.
Deixou ainda o compromisso de que “em 2016 e 2017 irão voltar a reunir-se esforços para a apresentação de uma candidatura conjunta, permitindo que Évora possa ter um programa de animação cultural, durante os meses de verão”.

O Presidente do Turismo do Alentejo - ERT, Ceia da Silva, salientou que “em 2014, Évora contabilizou 300 mil dormidas e o Cenas ao Sul, para além de dar resposta aos operadores que investiram na área do turismo no concelho, pretende também ir ao encontro das expetativas de quem visita Évora”.

A Presidente da União de Freguesia de Bacelo e Sra. da Saúde, Gertrudes Pastor, em nome das três uniões de freguesia que integram a parceria, frisou que “ este acordo é assumido dentro do quadro de competências que cabe legalmente às juntas, concretamente no que se refere ao apoio a projetos na área da cultura. A nossa participação visa cumprir esse dever de promover a produção de atividades culturais no concelho”.

A realização de eventos nas freguesias fora do centro histórico é uma aposta reforçada na edição deste ano.

O programa de animação do património cultural Cenas ao Sul realizou-se – em estreia – pela primeira vez no verão passado, tendo proporcionado mais de uma centena de espetáculos à população e visitantes da cidade, e que incluíram música, teatro, dança, performance, exposições, debates, workshops e artes de rua.

O Cenas ao Sul ’15 arranca, oficialmente, esta sexta-feira (dia 10), com a realização e visualização de dois espetáculos em parceria com outros festivais. Às 21h30, o Palácio do Barrocal – Delegação do INATEL – recebe a transmissão em direto, através da RTP 2, do concerto de música clássica “Diálogo com o Oriente”, inserido no Festival ao Largo, que acontece em Lisboa, no Largo de São Carlos. Mais tarde, às 22h, no Largo Marquês de Marialva (Sé), vamos poder assistir ao espetáculo "Entre Cante e Piano" - uma música do Alentejo, numa partilha com o Festival “Vozes e Gestos da Terra Chã”, que decorre nas localidades de Évora, Estremoz e Serpa.

A exemplo da edição anterior, este ano as atividades de animação decorrem durante os meses de Julho, agosto e Setembro. O programa, ainda em construção, promete animar as tórridas noites da estação estival.

(informação CME)

HEURÍSTICA & eurística

EURística você sabe . pseudo-CIÊNCIA que preconiza RESOLUÇÃO de PROBLEMAS através dos EUROS

HEURÍSTICA - VOCÊ ESTUDOU
;
Heurística é um método ou processo criado com o objetivo de encontrar soluções para um problema. É um procedimento simplificador (embora não simplista) que, em face de questões difíceis envolve a substituição destas por outras de resolução mais fácil a fim de encontrar respostas viáveis
Tal procedimento pode ser tanto uma técnica deliberada de resolução de problemas, como uma operação de comportamento automática, intuitiva

ESTÁ EXPLICADO?

ou é preciso recorrer a DELFOS?

Platero
(h)ortografias

06 julho 2015

CENDREV acolhe Teatro do Montemuro
"Caídos do céu": amanhã | Largo Chão das Covas | 22h00

Público Alvo: todo tipo de público
Área Artística: Teatro de Rua

Criação Coletiva
Encenação e Dramaturgia de Peter Cann

Conhecidos santos chegam à terra, num estranho portal. De acordo com as regras estatutárias têm agora a possibilidade de desfrutarem de umas merecidas férias. É lhes dada a possibilidade de concretizarem sonhos nunca alcançados, uma outra profissão, descobrir novos horizontes.
Numa desenfreada vontade descobrem a praia, o futebol, o álcool, demasiadas tentações para querer voltar…
E nessa hora, na hora do regresso tudo se complica quando um não aparece.

Encenação e Dramaturgia Peter Cann
Cenografia e Figurinos Ana Brum
Interpretação Abel Duarte, Eduardo Correia, Frankie Fox, Paulo Duarte e Ricardo Rocha
Direção Musical Peter Cann e Ricardo Rocha
Construção de Cenários Carlos Cal
Assistência à Construção de Cenários Maria da Conceição Almeida
Desenho de Luz Paulo Duarte
Direção de Produção e Comunicação Paula Teixeira
Direção de Cena Abel Duarte
Cartaz Ana Brum

Organização: Cendrev, no âmbito da programação do Circuito Ibérico de Artes Cénicas e da rede das Companhias da Descentralização
Apoio: Câmara Municipal de Évora

Construção de Pista de Atletismo e Campo de Rugby em Relva Sintética no antigo Hipódromo

A cerimónia de lançamento da obra de construção de Pista de Atletismo e Campo de Rugby em relva Sintética, no antigo Hipódromo, realizar-se-á no próximo dia 8 de julho de 2015, pelas 10:00, com a presença do secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro.

Que estes sejam os próximos a emigrar…

Mesmo na noite mais triste, em tempo de servidão, há sempre alguém que resiste, há sempre alguém que diz NÃO!


I D E O L O G I A

IDEOLOGIA é um gato indefeso dentro dum pote de barro
no cimo de um poste a arder

IDEOLOGIA é a leitura idiossincrática do facto
:
A - o GATO chegou ao chão ASSUSTADO

B - o GATO chegou ao chão CHAMUSCADO e ligeiramente assustado

C - o GATO chegou ao chão em pânico e QUEIMADO

D - o GATO chegou ao chão ESTURRICADO

bem eu gostaria de saber em que alínea o meu bom leitor/a se situa

Platero
(h)ortografias

Armazém 8: Semana Aberta de 6 a 10 de Julho

Tens entre os 6 e os 15 anos?
Queres experimentar fazer Teatro?
Tocar Bateria? Guitarra? Teclas e Cantar?
Das 15h às 19,30 vem experimentar estas artes!...

Eleições Legislativas: Elizeu Pinto cabeça-de-lista do BE pelo círculo eleitoral de Évora

Nota Curricular:
José Elizeu Pinto tem 62 anos e é sociólogo (licenciado em Sociologia pela Universidade de Évora), técnico superior e dirigente da Administração Pública, investigador universitário e gestor público, aposentado.

Actividade profissional:
  • Professor do ensino secundário (1975 a 1984);
  • Técnico superior do quadro de pessoal da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (1984 a 2009);
  • Investigador (demografia; pobreza/condições sociais) e docente (demografia, estatística e análise de dados), na Universidade de Évora (1992 a 2007);
  • Presidente do conselho directivo do Centro Regional de Segurança Social do Alentejo (1996 a 2000);
  • Membro da comissão de instalação do Instituto de Solidariedade e Segurança Social (2000) e vogal do conselho directivo do mesmo instituto, com funções de administrador-delegado regional de Solidariedade e Segurança Social da Região do Alentejo (2001 a 2002);
  • Chefe de Divisão de Informação na Direcção-Geral das Pescas e Aquicultura (2008 a 2009);
  • Dezasseis trabalhos publicados, dos quais quatro como autor e doze em co-autoria.
Actividade cívica, política e associativa:
  • Dirigente estudantil e fundador da Associação de Estudantes da Universidade de Évora, de que foi presidente da Assembleia Geral e presidente da Direcção;
  • Membro fundador da Society for the Study of Economic Inequality (ECINEQ);
  • Membro da direcção da Associação Musical de Évora – Eboræ Mvsica e vogal na direcção executiva do Conservatório Regional de Évora;
  • Coralista (baixo) no Coro Polifónico «Eboræ Mvsica»;
  • Autarca, eleito pelo Bloco de Esquerda na União das Freguesias de Évora, integra o executivo da Junta de Freguesia, no actual mandato.
Filiação associativa:
  • Associação Cultural do Imaginário
  • Associação José Afonso
  • Associação Musical de Évora – Eboræ Mvsica
  • Associação República & Laicidade
  • Instituto de Estudos para o Desenvolvimento (IED)
  • Sociedade Harmonia Eborense
  • Transparência e Integridade, Associação Cívica

05 julho 2015

Os gregos votaram contra a chantagem
E agora Europa?...

Évora acolhe em Outubro congresso da hotelaria

A Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) escolheu Évora para realizar o 27.º congresso do sector, que irá decorrer de 25 a 27 de Outubro, sob o tema "2020 - Olhar o Presente, preparar o Futuro".

O anúncio feito hoje pelo presidente da AHP, Luís Veiga, que lembrou que é a terceira vez que a associação escolhe a região alentejana, sendo que "este regresso deve-se ao reconhecimento nacional e internacional que o Alentejo tem recebido, bem como o crescimento que tem vindo a registar nos últimos anos". Além que "Évora tem vindo a afirmar-se como uma cidade incontornável no panorama turístico nacional e um dos grandes trunfos de promoção turística internacional do próprio País".

Luís Veiga sublinhou que, com base no tema do congresso, "começaremos por analisar o contexto actual do turismo, fazer um balanço dos resultados atingidos na hotelaria e no turismo, tendo em mente impulsionar o ritmo de crescimento dos últimos dois anos". O objectivo é também "perspectivar o futuro, debatendo o caminho a seguir a médio prazo e no horizonte o Portugal 2020. O sector está a enfrentar novos desafios e novas dinâmicas e é preciso reflectir e agir sobre as mesmas".

O hotel Vila Galé Évora será o palco de um congresso que, anualmente reúne cerca de 500 profissionais da hotelaria e turismo.

Notícia retirada DAQUI.

A Europa já está a arder?...

PANTEÃO DE PANTANAS

O Padre que dizia Missa em igreja próxima de ESTÁDIO da LUZ proferia às tantas: a Pátria esta em Festa
entendi: a PÁTRIA está INFESTA

também não tenho nada contra a glorificação do grande futebolista que foi Eusébio

não deixo é de dar comigo a pensar que o Presidente da República que faz o elogio fúnebre do Futebolista é a mesma pessoa que recusou reconhecer o valor cultural de JOSÉ SARAMAGO, mesmo tratando-se do único Prémio Nóbel de Literatura em Língua Portuguesa

pensei de novo EUSÉBIO - os anglófonos dirão qualquer coisa próxima de EXÍBE-O - na pompa que rodeou todo o cerimonial de trasladação, e vêm me à memória de novo SARAMAGO e FERNANDO PESSOA - sem dúvida poeta de estatura UNIVERSAL

onde estão os seus restos mortais?
os de Pessoa parece que foram trasladados, sendo Presidente da República o General Eanes - finais de anos 80- do Cemitério dos Prazeres para os Jerónimos

e José Saramago? será que alguma vez alguém pensou em criar-lhe um espaço na última morada de luxo dos Heróis?

penso ainda em Salgueiro Maia - verdadeiro herói da Revolução de Abril - não sei onde repousam os seus restos mortais, sei é que se viveu uma situação dramática para arranjar uma modesta pensão de sobrevivência para a viúva, após falecimento do marido

o encurtamento de 2 ou 3 quilómetros do percurso fúnebre faraónico teria dado para um ano ou dois da Pensão de sobrevivência da desditosa viúva

pelo que. o Padre, cujo nome esqueci de imediato, teria mesmo razão ao afirmar
:
a PÁTRIA está INFESTA

Platero
(h)ortografias

04 julho 2015

Cine-Concerto Tempo de Ladrões | 6 e 7 de Julho

A União das Freguesias de Malagueira e Horta das Figueiras promove nos dias 6 e 7 de Julho às 22 horas, o cine-concerto Tempo de Ladrões. Curtas metragens do inicio do século passado, musicadas ao vivo por António Bexiga e Zeps.
Ideia original e produção da Colecção B, Associação Cultural e apoio da Câmara Municipal de Évora.

Pelos Caminhos do Concelho...
Este sábado na Freguesia dos Canaviais

O Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, a vice-presidente, Élia Mira, e o vereador João Rodrigues, acompanhados por uma série de técnicos municipais, estiveram hoje (sábado) na Freguesia dos Canaviais, em mais uma etapa da iniciativa Pelos Caminhos do Concelho.
O objectivo é visitar algumas das instituições com sede nesta freguesia e auscultar de viva voz os anseios e as preocupações dos intervenientes locais e respectiva população.

DA ARCA sobre LAY OFF

OFF está o primeiro ministro
no PIREU em divã de sumauma
e LAY OFF por cá é tudo isto
do primeiro ministro e mais nenhuma

-----------------------------------------------
:
importa-se o bacalhau
o dólar e a marijuana
vem-nos de fora o KNOW-HOW
o judo a sauna a banana

de há muito nos vinha o ROCK
do lado de lá do Mar
foi essa a pedra de toque
para o vício de importar

depois do Jean e da Coca
- festival de rega-bofe -
com meia de paparoca
vem essa tal de LAY.OFF

resta a esperança ao cidadão
que essa tal LAY com o tempo
ganhe acuidade e extensão
ao Palácio de S. Bento

(escrevi há 20-30 anos - mesmo assim, agora que releio - rio
rio de rir)


Platero
(h)ortografias

03 julho 2015

Quando houver praias em Bruxelas eles tomarão medidas...

Retirado DAQUI.

AMIGA MÓNICA

medo da morte?
não sejas canónica
esquece

quando a vida nasce
já vem contagiada
de doença

crónica

Platero
(h)ortografias

02 julho 2015

Música no Coreto
Sábado, das 15:00 às 23:00

AFORISMO PARA A CIRCUNSTÂNCIA

nem todos os meninos
têm capacidade de persuasão
para vender

SUBMARINOS

Platero
(h)ortografias

Apresentação de Livro "Sonhar com Força"
Biblioteca Pública de Évora, 3 julho, pelas 18h30

O livro será apresentado pela Professora Fátima Nunes, na Sala de Leitura de Reservados.

01 julho 2015

Será a tão desejada Pista de Atletismo?

E o que é que estão a fazer no "hipódromo de Évora"?
01 julho, 2015 15:11

A CEGONHA DAS 14:30

passou ontem no horário exato

o Rodrigo bem tentou mostrá-la à companheira João, a uns 200 metros de distância
;
não a vês, olha em direção ao poste um pouco à esquerda da chaminé do MONTE

foi o seu último voo com sucesso em direção ao ninho

hoje, às 14.30 em ponto, dentro de casa, consultando o termómetro de parede, que apontava já os 38 graus, oiço um estalido de descarga elétrica na rua

abro a porta, dou com um princípio de incêndio deflagrando no meio de um pequeno canavial,
ligo o 112, e não tarda a chegada de 2 BVs de ARRAIOLOS, que sem demora exterminam as chamas que ameaçavam tornar-se incêndio a sério

explicação dos BOMBEIROS: alguma ave que embateu contra as linhas de energia elétrica e provocou a descarga que originou o fogo

GNR, para além dos Bombeiros de ARRAIOLOS, comparece no cenário do princípio de sinistro

e também sem demora um dos elementos da Brigada descobre, entre os pastos queimados, o cadáver eletrocutado do que tanto tempo fora a pontual CEGONHA das 14.30

Platero
(h)ortografias

Assembleia Municipal de Évora aprovou recomendação favorável ao fim de atividades circenses com animais

A petição “Fim dos Circos com Animais no Concelho de Évora”, subscrita por um conjunto de cidadãos, voltou novamente ao debate tendo sido aprovada sobre esta temática uma recomendação do Grupo Municipal do PS, apresentada por Capoulas Santos, com 15 votos favoráveis (PS, BE e PSD), 14 contra (13 da CDU e 1 do PSD) e quatro abstenções (3 da CDU e 1 do PSD).

Neste documento, a Assembleia recomenda à Câmara que, no âmbito das suas competências, no prazo máximo de seis meses, aprove e submeta à AME as normas regulamentares que permitam responder aos anseios contidos na petição, sem prejuízo do estabelecimento de um período de transição que considere adequado para permitir aos agentes económicos envolvidos adaptar-se a esta nova realidade.

No período reservado ao público, o cidadão Jorge Pedro expôs a necessidade de desmatagem e limpeza de baldio junto à Urbanização Vilas do Alcaide, tendo a União de Freguesias daquela área e a Câmara respondido às suas questões.

Uma moção de apoio à reivindicação de 1% do PIB para a cultura, apresentada pelo Grupo da CDU e lida por Luís Garcia foi aprovada por maioria com os votos favoráveis (29) da CDU, BE e PS, dois contra do PSD e uma abstenção (PSD). Na moção, a Assembleia solidariza-se com o movimento nacional de agentes, criadores, estruturas sindicais e profissionais e organizações relacionadas com a cultura e o património, defendendo e apoiando a consignação de 1% do PIB para a cultura, num horizonte temporal razoável, valor digno que assegura, em sede de orçamento, condições para a liberdade e a diversidade culturais.

Foi também apresentado por Bruno Martins (BE) um pedido de esclarecimento sobre a composição do Conselho Municipal de Segurança de Évora, tendo a Câmara aceitado analisar o assunto.

Assuntos tratados na Ordem do Dia

No período da Ordem do Dia foi igualmente tratado o ponto acerca da Prestação de Contas Consolidadas/Relatório de Gestão Consolidado do Município de Évora, referente a 2014, tendo sido aprovado com 16 votos a favor (CDU) e 16 abstenções (PS, PSD e BE). O documento trata das demonstrações económicas e financeiras de todo o Município e empresas municipais.

A 1º Revisão ao Orçamento da Despesa e da Receita de 2015 foi aprovada com 20 votos favoráveis (CDU, PSD e BE) e 13 abstenções (PS).

Três pontos sobre os Regulamentos Municipais foram retirados a pedido do Presidente da Câmara Municipal por terem surgido novos dados no quadro legislativo que importa ter em conta.

Um pedido de autorização de assunção de compromisso plurianual/Processo Judicial nº 1566/13 OTBEVR para pagamento de despesas no âmbito de transação de processo judicial foi aprovado por unanimidade.

Foi tomado conhecimento sobre os documentos de prestação de contas do SITEE – Sistema Integrado de Transportes e Estacionamento de Évora, EM, Lda., “em liquidação”, à data da dissolução (1 de abril de 2014) e prestada informação acerca dos documentos de prestação de contas, da prestação de contas da liquidação, do SITEE – Sistema Integrado de Transportes e Estacionamento de Évora, EM, Lda., “em liquidação”/Ano de 2014.

Os membros da Assembleia tomaram também conhecimento do Relatório de Execução do Plano de Prevenção de Riscos de Gestão da Câmara Municipal de Évora / Ano de 2014. A apresentação do Balanço Social do Município 2014 e a informação do Presidente da Câmara de Évora acerca das atividades nos meses de Abril e Maio e situação financeira do município foram outros dos temas debatidos.

O Presidente da Câmara de Évora destacou alguns assuntos, caso do Dia do Município, do processo do Centro Comercial das Portas de Avis, da redução da presença do Exército em Évora, da nova Agenda Desportiva e da reunião sobre a Taxa de Ocupação do Solo mantida com a autoridade reguladora (ERSE). Respondeu também, tal como os Vereadores, às diversas questões sobre o concelho colocadas por vários membros da Assembleia Municipal.

(informação CME)

30 junho 2015

Os inteligentes que vão à proa?...

GRÉCIA - pátria da DEMOCRACIA - VENCE
INÉRCIA

já deu
pelo menos

uma forte CHAPADA
no poder "incontestável"
da finança

PODER não pode ser
só capacidade
de cobrança

Platero
(h)ortografias

29 junho 2015

Orquestra Clássica do Sul no Templo Romano de Évora em concerto integrado na "Estação das Orquestras"

A Orquestra Clássica do Sul atua no próximo dia 3 de julho, sexta-feira, no Templo Romano de Évora, às 21:30h, para um concerto integrado no lançamento do programa ‘Estação das Orquestras 2015’. Neste concerto de entrada livre, será apresentado um programa variado de compositores como Freitas Branco, Fauré, Haydn, Gluck, Debussy e Mendelssohn, dirigido pelo Maestro Titular Rui Pinheiro.

“Estação das Orquestras”, uma iniciativa do Secretário de Estado da Cultura - Governo de Portugal, é uma plataforma de divulgação da programação das orquestras e agrupamentos musicais portugueses, durante o período de verão, tendo em vista atrair novos públicos e oferecer uma maior visibilidade à atividade artística desenvolvida por estas entidades. Este concerto, inserido num evento geral onde se realizarão vários concertos a nível nacional na mesma data, conta com a produção da Câmara Municipal de Évora e com o apoio da OPART-Organismo de Produção Artística.

D I T O

mesmo com carências permanentes
gosto mais de ZORBA

do que daquele a quem
não só permanentemente chega
como sobra

Platero
(h)ortografias

Nascido na República. 100 Anos do Museu de Évora
Exposição no Museu de Évora, até 4 de Outubro